Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Tanto para garantir uma renda extra no fim do mês ou, até mesmo, ser um trabalho fixo, o trabalho freelance tem atraído cada vez mais profissionais. Não há dúvidas, porém, de que saber quanto cobrar por um trabalho freelancer pode ser um desafio para quem aposta nesta modalidade de trabalho.

4 dicas para você definir quanto cobrar por um freela

Se você se identifica com essa situação, a Freela UP separou algumas dicas que podem te ajudar a definir o que deve ser considerado antes de fechar uma parceria de trabalho.

Afinal, sabemos que precificar um job pode até ser complicado, mas existe, sim, uma forma adequada e justa para se fazer isso.

Calcule o valor da hora trabalhada

A primeira etapa é calcular o valor da sua hora de trabalho. Esta será a base para você estipular orçamentos e pacotes para seus clientes.

Para isso, use seu salário atual ou antigo. Por exemplo, se você recebia R$3.000,00 e trabalhava 8h diárias em 20 dias no mês, sua hora vai custar pouco mais que R$18,00.

Caso queira, também pode usar a média salarial estabelecida para a sua profissão.

Grau de dificuldade desse trabalho

Quem é profissional sabe que cada tarefa tem um grau diferente de complexidade.

Por isso, além do tempo que você vai levar para executá-las, considere também o nível de dificuldade e o que será usado para elaborá-las para saber quanto cobrar por um freela.

Por exemplo, se for a redação de um texto, esteja atento à quantidade de fontes que serão consultadas, ao total de palavras, se será necessário buscar imagens para ilustrar, entre outros pontos.

Afinal, esses detalhes podem influenciar nas horas de trabalho e outros gastos.

Custos de produção

Ao se questionarem sobre valores finais, alguns profissionais se esquecem de incluir no preço todos os custos relacionados à produção do job.

Se você for um redator, precisa embutir no orçamento a sua conta de energia, de internet e de celular. Isso porque estas ferramentas são utilizadas o tempo todo para se manter em contato com o cliente e realizar o trabalho.

Sendo assim, ao elaborar um preço, você deve detalhar cada um desses pontos para justificar o valor do seu trabalho para seu cliente.

Verifique o preço médio no mercado

Por último, verificar o preço médio no mercado, para cada tipo de job, é fundamental para ser considerado na hora de descobrir quanto cobrar por um freela.

Neste quesito, é necessário ajustar o preço do job às possibilidades do cliente.

Esse é um dos pontos que costumam gerar mais dúvidas, afinal, você pode acreditar que o seu preço é justo e o cliente não.

Consulte seus colegas e até mesmo a concorrência para saber quanto é cobrado por cada tipo de serviço.

Assim, você valoriza seu trabalho e evita questionamentos por parte do cliente.

Conclusão: Quanto cobrar por um trabalho freelancer?

Faça conta. Ou seja, ponha no cálculo todas as varáveis para finalizar seu preço:

  • calcule o valor da sua hora;
  • considere o grau de dificuldade desse trabalho;
  • calcule quanto vai custar pra você;
  • após calcular, confira se não está muito acima ou muito abaixo do mercado.

Enfim, seja justo com o cliente, mas acima de tudo, seja justo consigo mesmo!

Deixe um comentário