Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Caso você tenha um amigo ou conhecido que já possui um trabalho freelancer, já deve ter recebido várias respostas a respeito do seu motivo.

Talvez, ele goste de ter liberdade sobre seus horários e forma de trabalho.

Ou então, não se encaixe em uma hierarquia tradicional de uma grande empresa.

Em outras situações, pode ser uma pessoa com experiência ampla que não se sentia valorizada pelo local que trabalhava.

Existem até, aqueles que foram forçados a fazer a escolha ao perder um emprego estável e, mesmo assim, precisam sustentar sua família.

A realidade é que, o trabalho freelancer, é uma opção viável para muitos tipos de pessoas. Ele traz flexibilidade, liberdade e a possibilidade de altos ganhos em diversas áreas. O melhor de tudo, é que ele está crescendo no Brasil.

Com a flexibilização das leis relacionadas ao trabalho e o uso mais corriqueiro do PJ (pessoa jurídica), fica mais fácil encontrar o tão sonhado job. Se você já tinha planos de começar a trabalhar dessa maneira chegou a hora.

Trouxemos algumas recomendações de áreas que estão crescendo e merecem sua atenção.

Quais as melhores áreas para investir no trabalho freelancer?

Acredite, o universo digital é vasto e você pode trabalhar com quase qualquer coisa no trabalho freelancer. 

Por isso, nossa recomendação é identificar por qual área você é apaixonado ou já possui bastante conhecimento, e começar.

É claro que a princípio, após estudar um pouco, precisará se arriscar, pegar alguns jobs para adquirir experiência e entender como a vida de freelancer funciona.

Você pode começar atendendo a empresa de um amigo ou alguém da familia, por exemplo. E assim, ir construindo seu Portfólio.

No meu caso, quando comecei, ofereci a reformulação do site de uma amiga (que não funcionava) sem custo…e ela só começaria a me pagar assim que começasse a vender pelo site. Por sorte, ela começou a vender no mês seguinte e me pagar uma mensalidade para cuidar do site dela e da página do Facebook. Após 5 anos, ela ainda é minha cliente e já me indicou dezenas de outros clientes.

Entretanto, nem sempre se consegue obter resultados rápidos. Por isso, é preciso bastante estudo, tempo e muita perseverança.

Assim, suas chances de conseguir sucesso profissional e financeiro serão altas. Especialmente se sempre investir em conhecimento e um bom relacionamento com parceiros e clientes.

As áreas abaixo estão em crescimento acelerado atualmente. Isso significa que talvez seja o momento de investir em um curso e começar a trabalhar nelas logo. Confira!

1. Designer Gráfico

Por exemplo, se você ama desenhar, pode fazer um curso de designer gráfico. Afinal, a profissão de Designer Gráfico tem sido uma das mais procuradas. Não é por acaso que existem milhares de cursos de designer sendo ofertados na Udemy e outras plataformas do mercado.

Entretanto, é preciso ter um pouco de talento para trabalhar nessa área. Digo isso porque, muitos tem se apresentado como designers freelancers hoje em dia, mas que na verdade não são.

Ou seja, alguns aprenderam a “mexer” em ferramentas como o Photoshop, Corel Draw ou Adobe Illustrator, mas não possuem criatividade ou ainda estão num nível muito iniciante.

Nesse caso, sugiro estudar mais antes de se lançar de cabeça no mercado freelancer. Ou então, oferecer seus serviços de forma gratuita para ganhar experiência e portfólio.

E se mesmo assim não der certo como designer, não desista, talvez seja melhor buscar algo que realmente esteja ligado aos seus dons e habilidades naturais.

2. Desenvolvedor web

Qualquer negócio que se preze hoje em dia, precisa de um site. Mas não basta ser um portal genérico e de baixa qualidade. Isso não é estratégico e, acima de tudo, não gera vendas!

Para conseguir sucesso online, ter um site bem feito é o primeiro passo, e para isso é necessário ter um bom desenvolvedor web.

Quem trabalha nessa área é especialista em desenvolver sites, sabe que o WordPress é a plataforma de gerenciamento de conteúdo que está mais em alta, portanto recomendamos aprender suas nuances. Saber trabalhar com html e códigos também é um diferencial que te coloca acima da concorrência.

Como desenvolvedor web, você pode atender clientes diretamente ou terceirizar a criação de sites para agências.

Tudo depende do nível de contato com os clientes que deseja ter. O que importa é sempre entregar um trabalho de qualidade!

3. Community manager ou Gerente de Redes Sociais

O Gerente de Redes Sociais é responsável por criar e gerenciar a comunidade online de uma marca. Ele não é só um gestor de redes sociais, já que suas funções estão focadas no contato direto com o público.

No entanto, a função do Community manager talvez pareça simples, mas exige habilidades e conhecimentos muito específicos.

Além de saber se comunicar para evitar ou resolver conflitos, o community manager precisa conhecer muito bem a linguagem da marca. Um exemplo clássico e muito popular de gestão de comunidade é a Netflix.

O profissional que realiza suas comunicações precisa manter um tom consistente com a comunicação da marca e estimular o público a engajar.

Parece algo que você conseguiria fazer?

Então recomendamos começar procurando marcas que trabalham de maneira mais próxima com o consumidor. Muitos influencers também usam o serviço de um community manager, assim como portais de mídia e entretenimento.

Um bom locar para estudar é a Rock University, que possuem diversos cursos gratuitos e pagos com certificado e de alta qualidade.

4. Programação e desenvolvimento de softwares

Softwares são mais importantes que nunca. Eles estão na base de qualquer operação, seja ela digital ou até física. No entanto, a mão de obra especializada para o desenvolvimento parece tornar-se cada vez mais difícil de achar.

Possui alguma experiência na área e gostaria de tentar um trabalho freelancer? 

Você pode conseguir jobs de diversos setores. Tudo vai depender do tipo de linguagem de programação na qual você se especializa.

Se ainda está na dúvida consulte sites de freelas e jobs. Assim você conseguirá entender qual é a linguagem mais procurada pelo mercado para se especializar.

5. Edição de vídeo para publicidade

Os vídeos são uma das maiores tendências do momento. Eles engajam mais em todas as redes sociais e criam novas formas de contar histórias para marcas.

Quem realmente entende dessa área tem espaço garantido para conseguir trabalho freelancer. 

Ainda dentro da área de edição de vídeos você pode se especializar em alguns nichos. Animações para redes sociais, por exemplo, estão ganhando popularidade e nem todo editor sabe fazê-las.

Clipes para anúncios também é outro nicho no qual você pode investir. Com uma especialização clara e um bom portfólio fica muito mais simples encontrar o tão sonhado job.

6. Especialista em SEO

Posicionar um site entre os primeiros resultados do Google está se tornando uma tarefa cada vez mais complexa. Em parte o motivo é a concorrência digital que não para de crescer, mas a própria plataforma também está mudando constantemente.

Entender o funcionamento do SEO e saber aplicá-lo é uma função que está em alta. É possível ter trabalho freelancer e até fechar parcerias com um desenvolvedor web. Recomendamos que quem resolver trabalhar nesta área mantenha-se em constante aprendizado.

Novidades sobre ferramentas de busca e formas de deixar sites mais bem posicionados não param de aparecer. Quem dominar todas elas conseguirá destaque no mercado!

Agora que trouxemos algumas das melhores áreas para trabalhar como freelancer chegou sua vez.

Invista em capacitação através de cursos e workshops e comece a procurar seus primeiros freelas. Oportunidades não faltam!

Deixe um comentário